9 de out de 2009

Inclusão em cena

"A gente não quer só comida,
A gente quer comida, diversão e arte..."


A 4a. Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul assim como a música dos Titãs destaca que nem só de comida se alimenta o povo. A Cultura, a arte e a diversão também fazem parte dos direitos de todos os
cidadãos. Com ênfase na inclusão social a Mostra vem
crescendo, teve início em 2006 quando então passou por quatro cidades, no ano seguinte oito foram visitadas. Em 2008, doze, esta quarta edição se ampliou e deve passar por dezesseis capitais brasileiras, com uma proposta mais ampla misturando arte com a tão sonhada diversidade igualitária.





Neste final de semana São Paulo sedia a Mostra que está recheada de obras com forte apelo social e direitos humanos. São longas e documentários de países como Brasil, Chile, Colômbia, Argentina e entre outros países sul-americanos. A programação está repleta de filmes inéditos, algumas sessões terão áudio- descrição. E outra parte do evento é feita uma retrospectiva histórica com produções realizadas entre 1949 e 1998. Destaque para " O Realismo Social" de Raúl Ruiz e grandes obras resgatadas que abordam questões como o idoso, raça e segurança pública.





Considerado um projeto inovador no Brasil o " vídeos nas aldeias" idealizado por Vincent Carelli de 1987, que retrata os índios Nhambiquara, receberá uma homenagem com sete apresentações da série, entre eles "Corumbiara" vencedor deste ano dos prêmios de melhor filme no Festival de Gramado e no Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental.

2 comentários:

Anônimo disse...

It is time to become reasonable. It is time to come in itself.

Anônimo disse...

Excuse, I have thought and have removed this phrase